Sessão Temática: Rancho Infantil e Juvenil da Casa do Povo Santa Cruz de Alvarenga

Três anos depois repetimos: uma nova sessão temática com o Rancho Infantil e Juvenil da Casa do Povo Santa de Alvarenga. A primeira, além de ter repercutido muito (até hoje), rendeu uma exposição na Biblioteca Municipal de Arouca, onde ficou mais de dois meses e foi uma das exposições que mais teve afluência no local. Pudera! Os miúdos ficam espetaculares nas roupas e incorporam fielmente uma época que em parte gera bastante saudosismo. Tenho orgulho destas sessões porque valorizam e registam o futuro da tradição.

São estas crianças e jovens que mais tarde vão continuar o legado do Portugal rural. Eles vão preservar a memória da cultura de um tempo que não volta mais, a não ser, e parcialmente, na interpretação popular e na manutenção da história de toda uma nação, que se materializa nos ranchos adultos e infantis e nas festas populares, festas estas quase sempre vinculadas a uma data religiosa, exceto pelos dias dos festivais.

Partilhem à vontade esta publicação: os miúdos merecem ser reconhecidos e admirados pelo o que fazem. E fazem com muito gosto. Percebe-se nas fotografias.