Sessão de Gestante - Luísa + Roberto & Leonor

Faz bem celebrar a chegada de uma nova vida que vai redefinir toda uma história. Como dizia Dom Miguel Ruiz: «Trabalha sobre ti para que te conheças e te ames. Se não te amas a ti próprio, ninguém te vai amar.» A gravidez é um estado de graça, é a culminação do ser humano: dois tornam-se mais. A humanidade depende de todas as mães. Elas, as portadoras do Mistério. Gosto muito quando uma mãe orgulha-se de sua gestação e, mais, quer guardar a memória do corpo e dos sentidos desse período mágico. Na fotografia fica o corpo (a mãe e sua barriga) e um sentido geral (a gravidez), porém ela própria, ao ver mais tarde esse registo, vai receber de volta toda uma miríade de sentimentos que só estão registados de forma latente e pessoal. Além disso, talvez de igual ou maior importância, o valor dessa sessão será incalculável para a filha que está na sua barriga. Os pais, família e amigos terão na memória comum a lembrança da grávida. A filha, que nesta fotografia é a Leonor, não está a ver nada. Só poderá ver mais tarde, graças a iniciativa dos seus pais. Só poderá sentir mais e absorver para ela própria a sua gestação adiante: no futuro. Trabalho feito. Parabéns para a Luísa e para o Roberto por terem criado essa possibilidade.